04/06 É possível construir uma carreira promissora em ONG’s?

É possível construir uma carreira promissora em ONG’s?

 

 

TEMA: Gestão da carreira em organizações não governamentais.

 

Desenvolvido por:

  • Angelita T. Maganhotti
  • Desiree M. Brito
  • Kauana Guimaraes
  • Pamella C. Moraes
  • William Leon Kieski

 

 

O termo ONG foi utilizado pela primeira vez pela ONU em 1950, para definir toda organização da sociedade civil que não estivesse vinculada a um governo. Em geral essas organizações possuem cunho social ou ambiental.   No Brasil o enquadramento para uma atividade composta por entidades sem fins lucrativos, onde as ações isoladas passam a ser conjuntas, formam o Terceiro Setor. As Ong’s ganharam força no Brasil na década de 70, porem somente na década de 90 tiveram um crescimento expressivo.  Atualmente, segundo dados de pesquisa desenvolvida pela parceria entre IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o Instituto de Pesquisa Econômicas e Aplicadas – IPEA, a Associação Brasileira de ONGs – ABONG e o Grupo de Institutos, Fundações e Empresas, existem 338 mil Ong’s atuando no país. Um dos desafios desse setor é que o perfil das pessoas que trabalham nas ONGs mudou, atualmente, homens, jovens e pessoas que estão no mercado de trabalho atuam nesse setor. Devido ao crescimento exponencial das ONGs ter acontecido relativamente rápido, a questão estrutural de cada organização, foi pouco desenvolvida em áreas estratégicas, principalmente no tocante a gestão de pessoas. Várias ONGs já adequaram a nova realidade, tanto do mercado, quanto da profissionalização, a Greenpeace, ajustou seu departamento de recursos humanos. Cerca de 90% do seu quadro de funcionários tem registro em carteira. Outro desafio do terceiro setor é relacionado a conseguir planejar a progressão de seus colaboradores dentro de seu organograma, devido a curta duração da grande maioria dos projetos desenvolvidos. No quesito inovação, a primeira é o surgimento de carreira ou profissionalização no terceiro setor. Devido a isso, surgiram vários cursos de MBA, e especializações tais como: MBA executivo em gestão de empresas do terceiro setor, MBA em gestão de empreendedorismo social, MBA em gestão socioambiental, MBA em construção sustentável, MBA em gestão estratégica no terceiro setor.  Há também Ong’s que oferecem possibilidade de desenvolver uma carreira internacional oferecendo uma colocação em uma de suas franquias em outros países. Para isso inglês é indispensável, e um diferencial de peso fica por conta do segundo ou terceiro idioma.

 

:: Mais sobre o tema ::

:: Vídeos

 

A atuação das ONGs

http://www.youtube.com/watch?v=-YCzNeywJqE&feature=related

D3 – Soluções digitais de marketing e gestão para 3º Sector

http://www.youtube.com/watch?v=FQZkwqBhgD0

Jornal Hoje – Terceiro Setor

http://www.youtube.com/watch?v=oBih7U4G6ck&feature=related

Junior Achievement SP – Empreendedorismo Juvenil – Programa Ação

http://www.youtube.com/watch?v=Q9vWbfu8Y4o

Já é possível projetar carreira no terceiro setor

http://globotv.globo.com/rede-globo/jornal-hoje/v/ja-e-possivel-projetar-carreira-no-terceiro-setor/782370/

:: Reportagens

 

Causa nobre – e bom salário

http://epocanegocios.globo.com/Revista/Common/0,,ERT245851-16642,00.html

ONG espalha sofás gigantes de grama pelas ruas do Reino Unido

http://revistapegn.globo.com/Revista/Common/0,,EMI251343-17180,00-ONG+ESPALHA+SOFAS+GIGANTES+DE+GRAMA+PELAS+RUAS+DO+REINO+UNIDO.html

:: Sites

www.abong.org.br

http://www.omarketizador.com/2010/09/carreira-em-busca-de-voluntarios.html

http://www.parceirosvoluntarios.org.br/Componentes/Imprensa/noticias.asp?txNot=1517

http://www.ccbeuj.com.br/noticias/8/inscries-abertas-para-bolsas-nos-estados-unidos/

http://www.portalodm.com.br/ong-do-parana-vence-concurso-internacional-de-inovacao-social–n–230.html

http://www.agendasustentavel.com.br/artigo.aspx?id=3316

http://www.fetraconspar.org.br/informativos/2007/1211_08_12_07.htm

http://www.artesol.org.br/site/ongs-se-preparam-para-o-maior-evento-do-terceiro-setor/

http://www.ipunoticias.net/2011/11/convenios-com-ongs-tem-novas-exigencias.html

 

 

Agora é com você!

 

Depois de todo esse contexto, presumimos que o terceiro setor apresenta um imenso potencial de empregabilidade, inovação e desenvolvimento profissional. Para tanto, é possível aproveitar essa expansão das Ong’s para iniciar uma carreira promissora num mercado de trabalho ainda em construção, que foge do tradicional e necessita de ideias inovadoras e de profissionalização?

55 pensamentos sobre “04/06 É possível construir uma carreira promissora em ONG’s?

  1. Com certeza sim, mas o perfil deste profissional tem que ser específico, talvez almejando primeiro o ideal coletivo em detrimento ao seu, uma opção para encarar esta carreira seria conciliar com outra que garantisse sua segurança financeira; mas uma coisa é certa, uma vez engajado, será um profissional de muitos valores e um ser humano realizado.

  2. É possível sim iniciar a carreira em uma ONG, ainda mais vendo grandes exemplos de pessoas que abandonaram sua carreira na organização privada para se dedicar a este novo mercado. Mas como o Jose falou, o profissional tem que ser específica e realmente querer isso, ver se está de acordo com seus valores e objetivos.

    • Depende de cada pessoa, dos seus objetivos, desenvolvendo projetos para transformações. Afinal nossa carreira somos nós responsáveis. Pessoas que se dedicam sem esperar retorno em relação à salários.

  3. Sim, só depende do interesse de cada pessoa. Todos nós somos capazes de construir uma carreira brilhante em qualquer setor desde que estejamos preparados e dispostos a alcançar nossos objetivos.

    • Concordo com a Juliana, as pessoas podem ter uma carreira promissora em qualquer setor, porém depende exclusivamente da pessoa. E este setor como pudemos ver, está crescendo cada vez mais.

  4. A atuação de profissionais do mercado tradicional em ONGs está crescendo muito no país, em virtude do aumento da cidadania e da responsabilidade social que as pessoas estão adquirindo a medida que progridem financeira e socialmente na sociedade. Atuar em ONG é um novo conceito cada vez mais aceito pela sociedade e visto como um grande diferencial pelos RHs em relação as pessoas que dedicam seu tempo a atuar em entidades sem fins lucrativos.

  5. Sim ,é possivel ter uma carreira em uma ONG,mas deve ter um perfil de profissional diferente.Mas ao meu ver ,a pessoa pode se dar bem se for esse o dom e interrese profissional.Todo mundo é bom naquilo que gosta e se propoem a fazer.

  6. Então na semana academica teve uma palestra muito boa falando sobre esse assunto, até então eu achava que não existia a possibilidade de seguir uma carreira em ONGs, mas depois da palestra e da apresentação do programa de vocês vejo que as ONGs estão crescendo cada vez mais e abrindo mais oportunidades para os profissionais.

    • Não participei da palestra como a Vandis, mais acredito que a cada que passa o mercado nos surpreende mais e mais, devido ao seu dinamismo, assim não só em ONG’s mais também em outras áreas atualmente promissoras o mercado pode nos surpreender.

  7. As entidades do terceiro setor apresentam evolução crescente e junto com isso aumentam as preocupações em buscar a eficácia das suas atividades, de modo que tenham o impacto social desejado. Hoje, não bastam boas intenções e as ONG’s estão deixando de operar somente com leigos de boa vontade.
    Construir carreira em ONG’s é uma ótima oportunidade, uma vez que gerir uma instituição sem fins lucrativos não é diferente de administrar uma empresa pública ou privada. Todas precisam sobreviver e crescer, e para isso demandam profissionais qualificados. O terceiro setor tem ainda mais responsabilidade de gerir bem seus recursos, por causa da escassez deles!

  8. É possível sim, obter uma carreira promissora em ONG’s. Existem pessoas que focam o dinheiro como objetivo, outras, procuram ajudar o próximo. Para essas ultimas, nada melhor do que fazer carreira em uma ONG, seja ajudando o próximo, o meio ambiente, ou qualquer outra causa que lhe tenha interesse.

  9. Acredito que sim, esse é um mercado em portêncial que pode ser explorado ainda mais por pessoas interessadas em fazer carreiras em ONG´S. Na minha opinião as oportunidades em ONG´S não são muito visualizadas no mercado atual.

  10. É um setor promissor. Porém como futura profissional não é um setor que me chama atenção para construir carreira. Por ser uma ONG tem muito aquele conceito de cunho social, por isso acredito que seja um setor promissor, pois cada vez mais estamos preocupados com fatores, sociais e ambientais.

  11. Acredito que haja uma carreira promissora com negócios sociais, que são empresas que, através da sua atividade principal (core business), oferecem soluções para problemas sociais, utilizando mecanismos de mercado: Atendem necessidades básicas da base da pirâmide; Possibilitam acesso a produtos e serviços que melhoraram a produtividade ou reduzem os custos de transação da população de baixa renda; Incluem pessoas marginalizadas do mercado na cadeia de valor.
    Aqueles que tiverem interesse por negócios sociais acessem:(http://choice.org.br/index.php?pag=negocios_sociais)

  12. Há muitas ONG´s sérias que tem um objetivo, e empregam seus recursos da melhor maneira possível, mas como em qualquer outra coisa que envolva dinheiro também há corrupção e coisas negativas, portanto não é um setor mais promissor que os demais, trata-se apenas de um outro setor, uma outra oportunidade. Os riscos e as chaces são as mesmas dos demais.

  13. O terceiro setor é promissor. Já trabalhei com várias Ong’s tentando trazer a responsabilidade social para dentro das empresas. Por vivenciar isto, acredito ser difícil em muitas áreas seguir uma carreira, pois exige muita perseverança e dedicação para isso. Muitos profissionais tem feito isso apenas para aumentar seu status perante a sociedade. Ainda falta muita gente se dedicar a isso de coração e enxergar o terceiro setor como um setor profissional.

  14. Este setor vem crescendo muito, por meio de pessoas inovadoras e competentes, é claro que existem pessoas e empresas de má fé, mas isto existe em vários setores.

  15. Acredito que sim. É um setor em crescimento, que tem potêncial e necessita de pessoas interessadas, “com ideias inovadoras e profissionalismo” como diz na própria pergunta.

  16. Atualmente as chamadas “Ong´s” buscam interesses políticos. Uma área que não presta muito bem um “serviço” à comunidade, e se utiliza o nome de “organização não governamental”…..o engraçado dessa história, é que mais de 95% das “Ong´s” se utilizam de recursos federais (do governo) para sobreviver, e isso elas não falam para a população….!

  17. Acredito sim que haja uma oportunidade de carreira promissora em Ong’s, vai muito dos candidatos e esforços dele. Em qualquer área ou organização a pessoa pode ser um diferencial e crescer como profissional, vai muito do interesse e esforços de cada um.

  18. Como a maioria, também acredito que sim, é um setor que está em expansão que necessita de pessoas com força de vontade e que acreditem nos seus valores e objetivos (como já citado). Profissionais que se sentem qualificados podem construir uma carreira promissora.

  19. Acredito que pode se ter uma carreira brilhante em Ongs mas tambem é preciso trabalhar em outra empresa para garantir um sustento e um outro tipo de experiencia.

    • Concordo com Josiane, ainda e dificil de fazer carreira em um aONG, infelizmente dificil de conseguir dinheiro suficiente para se sustentar.

  20. Toda organização por mais que seja filantrópica gera algum tipo de lucro, porém é preciso gostar da área e buscar o desenvolvimento e atingir o objetivo da ONG.

  21. Penso que sim, porém essa pessoa deve ter o ideal da ONg, sempre pensar primeiro no bem da ONG e depois no seu. É um perfil de profissional muito especifico.

  22. As ONG’s apresentam uma oportunidades, o que não podemos fazer é deixar a oportunidade passar. Existem chances iguais de desenvolver um plano de carreira.

  23. É possível sim, independente do setor, o aprendizado ocorre de qualquer forma, por ser um área em expansão profissionais que se dediquem, podem ter um sucesso maior do que o esperado.

  24. Penso que sim , é possivel.Da mesma forma que empresas privadas tem seu organograma , as ONGs também possui. Pois , para se gerir uma organização , seja ela privada , publica , ou não governamental. Faz-se necessario titular funções e cargos para admintra-la. Chegando à conclusão de que se existem cargos, funções e hierarquias, podemos sim, passar a construir uma carreira dentro de uma ONG.

  25. Acredito que por as ONG’S terem esse objetivo social, ambiental… é até mais interessante, pois as pessoal que trabalham com isso estão realmente interessada com o desenvolvimento da organização.

  26. Trabalhar em uma ONG é uma grande oportunidade de desenvolver uma carreira. Acredito que independe do setor, mas se a pessoa for um bom profissional desenvolverá um boa carreita em qualquer setor.

  27. É uma experiência de vida importantissima, porém em alguns aspectos não pode ser considerada promissora, contudo, os valores agregados acompanharão o profissional por toda a vida.

  28. Com certeza, com a expansão das Ong`s o profissional tem maiores possibilidades para explorar novas habilidades, afinal, tomar decisão com recursos e políticas diferentes do praticado pelo outros setores trás uma grande experiência de vida e profissional.

  29. É possível sim, se a pessoa tiver o perfil condizente com esse tipo de trabalho, ser inovador, gostar de desafios, acredito que ela terá um futuro promissor. A experiência irá ser um diferencial e irá ajudar o indivíduo a aumentar seu desenvolvimento profissional.

  30. Acredito que seja possível sim, com esta experiência o profissional cresce e agrega novas habilidades para seu currículo como profissional..

  31. Como atualmente trabalho em uma entidade que teoricamente não visa lucro e não tem ligação com o governo posso afirmar que tal experiencia agrega muito profissionalmente, porêm quando o assunto é a gestão de carreiras a maioria ainda deixa a desejar como um todo.

  32. Trabalhar em uma ONG dá ao profissional aquela maneira de ver uma situação por uma ótica diferente, portanto, acredito que seja possível construir uma carreira em uma ONG.

  33. Para os gestores de Rh quando recebe o currículo de pessoas que tiveram uma passagem por ONG’S é muito gratificante, pois mostra o lado humano da pessoa que ela se importa com as responsabilidades sociais e isso é de alta relevância.

  34. É possível sim investir neste setor, já tive uma experiência em um estágio em uma ong e é bem diferente do que imaginamos, há o mesmo profissionalismo entre quem trabalha em uma empresa assim, somente difere o motivo pelo qual a empresa existe e suas funções.

  35. É possivel sim aproveitar essa expansão so depende de cada individuo se sua vontade condizente com esse tipo de trabalho tem mais que dar o melhor de si ter força de vontade e inovar.

  36. Concordo com o José Leal, sim é possível que se construa uma carreira promissora porém depende muito do perfil da pessoa. É necessário que ela tenha uma vocação para esse tipo de função, pois trata-se de um desempenho muito importante, não é qualquer um que consiga exercer e inovar nesse ramo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s