04/06 Engagement News

Engagement News

TEMA: Geração de comprometimento e engajamento na empresa privada.

Desenvolvido por:

  • Cintia Stegues
  • Eliane Emília Gonçalves
  • Fausto Jensen
  • Guilherme Eduardo Brugnolo
  • Janderson Tezuka
  • Luiz Felipe Trugillo

O tema abordado em nosso programa trata-se de inovações sobre comprometimento e engajamento no setor privado. Funcionários engajados vestem a camisa, possuem o orgulho de pertencer à empresa, sentem  que seu trabalho interfere diretamente em toda a cadeia de negócio da organização, gerando frutos e retorno direto. Existe o alinhamento dos objetivos, reciprocidade na troca de interesses.

O desafio observado em nossa atualidade é que as empresas não demonstram comprometimento com o funcionário, a grande maioria das organizações não possui estabelecido missão, visão e valores. Isto torna a relação colaborador x empresa algo sem sinergia entre as partes, em que cada um possui seus próprios valores e seu modo de execução, tornando o ambiente de trabalho desgastante e desmotivante para as pessoas.

Um real alinhamento de objetivos entre colaborador, empresa e clientes é fundamental para ocorrer o engajamento que o século XXI exige das empresas e de seus profissionais.

 

:: Mais sobre o tema ::

:: Vídeo

 

GENTE: O Ativo mais Importante

http://www.youtube.com/watch?v=uH0sjxDmvew&feature=related

:: Artigo

 

Por que as empresas brasileiras não encontram os profissionais que procuram?

http://www.rh.com.br/Portal/Carreira/Entrevista/7686/por-que-as-empresas-brasileiras-nao-encontram-os-profissionais-que-procuram.html

 

Agora é com você!

O que você acha que as empresas privadas devem fazer para manter seus colaboradores engajados e comprometidos para atingirem seus objetivos na organização, e ao mesmo tempo satisfazer as suas necessidades pessoais?

58 pensamentos sobre “04/06 Engagement News

  1. Acho que primeiramente deve ser realizada uma pesquisa de opinião dos colaboradores para ver onde estão suas necessidades a fim de conseguir atendê-las. Com os dados dessa pesquisa, é possível também verificar o nível atual de engajamento, assim a empresa consegui fazer um plano de ação em cima dos resultados obtidos e desenvolvê-lo para melhor atender a todos.

    • Obrigado Pâmella pela sua participação no nosso fórum.
      Quando você cita a pesquisa como forma de conseguir descobrir quais são as necessidades dos funcionários, com certeza é a melhor forma, pois você vai estar perguntando diretamente a quem interessa. Durante o nosso programa nós falamos sobre a empresa de seguros AON Hewitt, ela faz essa pesquisa, em parceria com uma revista, com várias empresas perguntando diretamente para os funcionários a opinião, e por fim ela concede prêmios para as empresas que possuem os funcionários mais engajados.

  2. Como diz o professor Marciano: “Ninguém motiva ninguém”, então creio que as empresas devem ser responsáveis em conceder as melhores condições possíveis para que seus colaboradores consigam se motivar, atinjam os abjetivos da organização e fiquem satisfeitos.

    • Muito bem colocado William, ninguém motiva ninguém, mas as empresas podem criar mecanismos para deixar as pessoas engajadas, e comprometidas com o próprio trabalho.
      Obrigado pela sua Participação!!!

      • Deve haver um comprometimento em ambas as partes, deixar seus objetivos, metas,culturas e também as necessidades de cada colaborador bem definidas. Selecionar pessoas qualificadas e com interesse de carreira. Reconhecer o seu trabalho, satisfazendo tanto as suas necessidades como a a da empresa também, mantendo uma motivação buscando sempre o mesmo interesse.Mostrar sempre a sua importância naquela organização e não considerando você como número somente. Realizar avaliações constantes e realizando feedback.

    • Concordo William, os funcionários são movidos pelas necessidades, então, cabe a empresa se preocupar com esse quesito e saber que a necessidade de um funcionários pode não ser a do outro.

  3. Primeiramente o funcionário e a empresa devem possuir interesses em comum, para que juntos possam atingir seus objetivos. Uma maneira de manter os funcionários motivados é sabendo reconhecer o esforço de cada um recompensando estes por seu desempenho.

      • Os objetivos de ambos devem se encontrar em dado momento, criando assim assim uma sinergia colaborador X organização, para que o colaborador acredite que os objetivos da empresa também são os seus e vice-versa.

  4. A empresa deve oferecer oportunidades de crescimento para os funcionários , baseados na meritocracia, na qual, o crescimento do colaborador só depende da sua própria desenvoltura na organização. Porém, para que este sinta-se engajado em seu desenvolvimento na empresa é necessario que a empresa demonstre interesse neste funcionário, mostrando que este é unico para a organização , que não seja apenas um numero. Através de premiações , bonificações , PLR , areas de lazer e entreterimentos oferecidos pela organização , são condições que promovem seu engajamento.

    • Obrigado Jessica Alyni pela sua observação, ela é muito válida em relação a tudo que dissemos em nosso programa. Para uma pessoa sentir-se engajada profissionalmente, ela deve sentir da empresa a mesma reciprocidade, que o colaborador não é só mais um número, mas sim um indivíduo com necessidades específicas.

  5. Pessoas são movidas por interesses em comum, dentro das organizações esse fator não muda muito, a empresa pode então usar as necessidades dos colaboradores a seu favor,
    (você me da o empenho e engajamento e eu satisfaço sua necessidade). Sendo assim, a partir do momento em que o funcionário tem suas necessidades atendidas, elas estarão motivadas a trabalhar de forma mais produtiva.

  6. “Observado em nossa atualidade é que as empresas não demonstram comprometimento com o funcionário, a grande maioria das organizações não possui estabelecido missão, visão e valores.” Concordo com esta frase, muitas das organizações não tem reciprocidade com seu funcionário, acham que pagando VT,VR, Plano de saúde, já é suficiente para que o mesmo esteja satisfeito e assim ele produza e gere frutos para organização.

    ” Satisfação entre a organização e funcionário precisa ter feedback.”

    • Muito pelo colocado pela Cléia, primeiramente, obrigado por sua participação. Acredito realmente que a imensa maioria das empresas não possuem missão, visão e nem valores para transmitir para seus colaboradores. Apenas fornecer benefícios no final do mês não pode ser considerado uma gestão de RH eficaz.

  7. Com os benefícios e um tratamento adequado sempre instigando o desafio podemos gerar comprometimento dos funcionários, lembrando que é importante seus valores serem condizentes com o da organização.

  8. Acredito que uma forma de manter o funcionário sempre motivado é estar presente nos processos que sua empresa realiza, como falamos no nosso programa ” Só os fortes sobrevivem” o grande desafio de hoje é manter os gestores proximos aos funcionários, trazendo assim um melhor resultado para organização.

    • Concordo, o reconhecimento do gestor para com o funcionário também é muito importante, pois assim ele verá que não esta fazendo por fazer, tem gente que esta observando e até mesmo recompensando por isso.

  9. Para que um funcionário traga bons resultados à empresa, é preciso com que os gestores estabeleçam alguns critérios que permitam o seu desenvolvimento motivacional. Mas, para manter um funcionário comprometido, é preciso muito mais que motivação e boa remuneração: é preciso engajar este funcionário. Um profissional engajado é aquele que tem entusiasmo pelo seu trabalho, que sente-se envolvido pela organização, que conhece seu papel e seus objetivos dentro da empresa e sabe até onde pode ir seu crescimento profissional. Para que tudo isso seja possível, os gestores precisam desenvolver um ambiente colaborativo, de modo que o funcionário possa participar de todos os processos e sinta-se reconhecido pelas lideranças.

  10. Devem elaborar projetos e atividades que façam com que o funcionário se sinta parte da empresa e tenha vontade de fazer a empresa crescer. Isso pode ser feito a partir de pequenas ações que podem melhorar a motivação e o desempenho do funcionário.

  11. Deve haver um equilibrio de interesses entre ambas as partes, uma vez que a colaboração gera resultados possitivos para as duas. O funcionário deve manter-se motivado para estar de acordo com os objetivos e práticas da organização e a empresa deve gerir meios para valorizar o empregado devidamente.

  12. Proporcinar beneficios atrativos que mantenha alinhados os objetivos da empresa com os do profissional e assim manter aquele contrato psicológico, pois uma vez quebrado é difícil tê-lo novamente.

  13. Acredito que ambas as partes devam conhecer seus objetivos, afim de alinha-los. A organização pode oferecer um plano de carreira para seus colaboradores afim de promover seu desenvolvimento, e estes por sua vez trabalharão para atingir os objetivos organizacionais.

  14. É fundamental que o comprometimento venha de ambas as partes, porém eu acredito que o comprometimento, primeiramente, deve partir da empresa para o funcionário, pois se o exemplo não parte de cima, não o esperemos de baixo. A empresa deve mostrar interesse nesse funcionário, dar chance ao talento, desenvolver o que de melhor esse funcionário sabe fazer. Diante disso o funcionário deve se mostrar interessado e disposto a absorver o que essa empresa tem a lhe proporcionar.

  15. As empresas tem que oferecer um ambiente favorável, onde o gestor fique próximo e apoie seus colaboradores, e por sua vez o funcionário tem que mostrar se está satisfeito e motivado para produzir e caso não esteja conversar e apresentar seu motivos.

  16. Primeiramente a organização deve criar um ambiente no qual o funcionário sinta-se bem. Através disso ele já irá para o trabalho com outra visão.
    Abordando outras áreas, podem ser implementados projetos de qualidade de vida (bem estar, hora do descanso, massagem, etc.) que façam o funcionário entender que a organização se preocupa com o bem-estar dele. Planos de carreira, gestão por competências e uma maior proximidade do gestor com seus colaboradores também ajudam na motivação.

  17. Metas, treinamentos vivenciais, plano de carreira etc… A organização precisa ir além de pagar o funcionário, ela precisa valorizá-lo. O funcionário precisa ir além de cumprir sua tarefas, ele precisa vestir a camisa!

  18. Bom eu acho que a empresa deve oferecer oportunidades para os seus funcionário.Como por exemplo, seu desenvolvimento e crescimento dentro da empresa. O funcionário deve estar sempre motivado com seu ambiente de trabalho e o seu serviço em si. Ele deve se sentir parte da empresa.

    • É de fundamental importância o profissional se sentir parte daquela organização, e não apenas mais um número para as estatísticas de RH.

  19. As empresas estão cada vez mais buscando inovar,e pessoas tentando crescer profissionalmente.Plano de carreira perspectiva de crescimento em qualquer organização faz parte.

  20. É uma troca mútua. A empresa oferece salário, plano de carreira, benefícios, etc….e o indivíduo entra com sua força de trabalho. Agora, ambos tem que cumprir com suas obrigações, pois se isso não ocorrer, certamente vai gerar descontentamento para ambos. E isso é prejudicial para a empresa (que perde em produção), e para o funcionário (desmotivação). O comprometimento ocorre, quando o funcionário se sente realizado, o que beneficia a empresa em seus resultados.

  21. Acredito que para haver comprometimento o individuo deve perceber que seu trabalho vale a pena e que tem importância na sociadade, uma alternativa talvez seria de mostrar aos indíviduos isso, – primeiramente aos líderes que viriam influênciando toda a cadeia- e posteriormente agir em cima disso, fazendo como o texto diz, o individuo vestir a camisa. A partir da realização no trabalho, é possível agir também sobre as necessidades pessoais, então buscando identifica-las e na medida do possível ajuda-las a se tornarem realidade.

  22. Bom, a empresa deve proporcionar ao funcionário um ambiente de trabalho em que ele se sinta à vontade, deve saber quais são as necessidades, saber o que o seu colaborador tem a dizer; fazer com que ele se sinta valorizado. E este colaborador também deve entender que é peça importante para a organização, portanto deve correr atrás das metas e objetivos estipulados.

  23. É importante que a empresa conheça os objetivos dos funcionarios e que tambem os funcionarios conheçam os objetivos da organização para que um satisfaça a necessidade da outra e assim os funcionarios vão se sentir motivados e mais comprometidos com a organização.

  24. O compromisso deve partir de ambas as partes. A empresa em oferecer todos os benefícios e oportunidades para o funcionário se desenvolver, e o funcionário em corresponder trabalhando e buscando além do lucro, inovações.

  25. Penso que é sempre preciso incentivar os funcionários, não apenas com salarios, mas com programas dentro da empresa, até mesmo um refeitorio bom é capaz de incentivar o funcionario a trabalhar melhor. Acredito também que o programa de metas é um bom incentivador, pois ao bate-las se recebe um bonus, o que é um com incentivador.

  26. Antes de tudo, acredito que para que o funcionário se sinta comprometido em seu desenvolvimento na empresa, é preciso que a empresa demonstre interesse neste funcionário, mostrando que este é unico para a organização. É importante também que a empresa conheça os objetivos dos funcionarios e que tambem os funcionarios conheçam os objetivos da organização, para que exista uma espécie de troca, dessa forma os funcionarios vão se sentir motivados e mais comprometidos com a organização.

  27. Acredito que a motivação do funcionarios é indispensavel para o mesmo e para a empresa. Assim o funcionario motivado, rederá mais e tambem a busca por conhecimentos será de grande satisfação.

  28. Dar subsídios para o trabalho dentro da empresa, treinamento e desenvolvimento para o funcionário, ter uma boa política de benefícios e um plano de carreira com base na avaliação de desempenho

  29. As empresas privadas devem se preocupar com seus funcionários, mas, antes de tudo, o funcionário deve estar comprometido com a empresa.

  30. Não existe algo a ser feito. Trata-se de um conjunto de pratícas que devem ser planejadas e aplicadas com seriedade e transparência. Gosto muito dos programas de remuneração variavel que bonifi ca o funcionário de acordo com seu desempenho.

    • Concordo, além de os objetivos serem alcançados essa harmonia gera um bom ambiente de trabalho e a satisfação dos colaboradores.

  31. Concordo com seu ponto de vista, contudo, foi citado apenas a participação da instituição no engajamento. Cabe lembrar que sim a participação da instituição é fundamental para motivação do profissional, e que plano de cargos e salários e benefícios são partes do processo de motivação, porém não somente os únicos pontos. Quanto ao profissional que veste a camisa, cabe a cada profissional, visto que muitas vezes a instituição proporciona a motivação, mas o mesmo não é integrante a mesma, por uma questão de valores.

  32. Motivação! Devem motivar tambem financeiramente, e tratar os funcionários realmente como pessoas. Apenas o fato de elogiar ja faz um diferencial!

  33. Para criar um ambiente em que o funcionário esteja motivado e comprometido com seu trabalho é necessário uma série de fatores, entre eles pode-se citar que os valores e objetivos do funcionário devem condizer com o da empresa, a empresa deve ter um bom plano de benefícios, permitir ao funcionário se desenvolver e ter a chance de crescer dentro da organização, além de sempre haver um bom feedback.

  34. Acredito que para se conseguir engajamento e comprometimento em organizações privadas é promover o bem estar do colaborador, fornecer recompensas por seu comprometimento com suas atividades e pela realização das mesmas de forma correta.

  35. Acredito que primeiramente o funcionario para estar bem engajado na empresa deve se sentir uma peça fundamental dentro dela,dessa forma ele consegue cumprir o seupapel dentro dela. Para isso a empresa deve dar incentivos paara os funcionarios, apresentando a ele o feedback de sua postua e rendimento, ofertar cursos de aprimoramento entre outros.

  36. Atraves de campanhas motivacionais, campanhas de incentivo de metas, vendas, sao sempre bem vindas, nao necessariamente oferecendo dinheiro, mas feedbacks positivos, valorizacao do funcionario sao sempre bons comecos. Pode tambem ser oferecido tipos de premios como viajens. Obviamente sem esquecer de que a empresa tem que sempre tratar seus funcionarios com humanismo, lembrando das necessidades de cada um que geralmente nao sao iguais. Comece pela teoria de Maslow ( necessidades basicas), depois vera que so ali, fornecendo qualidade de vida, ja e um timo inicio.

  37. Acho difícil motivar um funcionário, pois como saber saber qual a sua necessidade?
    Parte da própria pessoa estar comprometida com a tarefa que tem que desempenhar, no setor público fica complexo identificar maneiras de despertar isso nos funcionários.

  38. Devem fazer do funcionário um parceiro estratégico, fazendo uso de todas as ferramentas da Gestão de Pessoas. Para isso pode ser realizado uma abordagem diagnóstica desta relação, através de pesquisas de clima e outras ferramentas e então propor benefícios satisfatórios, dar feedbacks, participação nos resultados e outras vantagens.

  39. Acredito que as organizações devem saber quais as necessidades de seus funcionários para que possam ser atendidas, assim com os colaborados satisfeitos haverá uma equipe mais motivada e dispostas a alcançar as metas dadas.

  40. Para esse fato é necessário um plano de carreira, pois a maiorias das pessoas se motivam por novos desafios e expectativa de um futuro promissor e assim acabando com um pouco do comodismo dos cargos que geram insatisfação e baixas produtividades.

  41. Todos tem necessidades as empresas precisam conhecer seus colaboradores dessa forma sabera como motiva-los e consequentemente mande-los compromotidos com seu trabalho.

  42. Para haver uma sinergia na relação empresa x funcionário é importante que haja credibilidade e reconhecimento de ambas as partes. Pelo funcionário em se comprometer e “vestir a camisa” pela a empresa e se importar com o desempenho da organização, e pela empresa em saber reconhecer o funcionário e atender suas necessidades na hora certa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s