22/05 Valorizar para Crescer

TEMA: Recrutamento Interno 

Desenvolvido por:

  • Ana Luíza Espíndola
  • André Ratine
  • Jefferson Ramos
  • Marcielly Fávero
  • Maxime Rimbert

Um dos maiores desafios na hora de gerir as pessoas de uma empresa é saber encaixar a pessoa ideal, na vaga ideal. Como quem faz as organizações, são as pessoas, escolher quais serão as responsáveis por realizar as atividades que concluirão na existência de uma boa empresa, é uma tarefa, sem dúvidas, das mais difíceis. Parecem ser muitas opções a serem escolhidas, mas na hora que filtramos, são poucos que sobram para serem “os escolhidos”. E ainda assim, como ter certeza que eles serão tudo aquilo que prometem ser?

Para facilitar o acerto na hora de recrutar os colaboradores de uma empresa, é indicado recrutar para determinadas vagas, os recursos da própria empresa, isto é, recrutar internamente pessoas de determinadas áreas e cargos, para outras áreas e/ou cargos da mesma empresa. Alocar, valorizar, promover, motivar são sinônimos de realizar o recrutamento interno. É mais fácil escolher alguém que já conhecemos, assim como é mais barato divulgar a vaga em aberto para àqueles que já estão dentro da empresa.

Na empresa onde o recrutamento interno é presente e freqüente; o funcionário dá prioridade ao seu auto-desenvolvimento, existe auto-motivação para investimento na sua carreira; simultaneamente a empresa dá demonstração de valorização do pessoal e reforça a credibilidade no “Plano de Carreira” dos funcionários. Recrutar internamente é valorizar para crescer.

Agora é com você!

Quando o recrutamento interno deixa de ser um processo de valorização de recursos internos e passa a ser um criador de conflitos, intrigas e desmotivação na empresa? Como inverter a situação em uma empresa que apresente esse quadro?

67 pensamentos sobre “22/05 Valorizar para Crescer

  1. Em minha opinião o recrutamento deve ser bem feito,principalmente o interno,que pode ser motivo de desentendimento dentro da organização.

  2. Acredito que o recrutamento interno é uma ferramenta de grande utilidade para as organizações por representar uma grande economia de tempo e consequentemente dinheiro, pelo fato do individuo ja ser parte da empresa todo o processo de seleção fica mais rapido e se evita custos necessário para fazer com que o novo colaborador adquira a cultura da organização.

  3. O conflito gerado através do recrutamento externo gera conflitos a partir da concorrência entre um ou mais colaboradores de maneira não amigável, quando o conceito de indicação ou “quem não é visto, não é lembrado” são elevados acima do perfil e das atividades a serem desempenhadas, bem como, o novo poder e remuneração que a vaga possa trazer. Para se virar esse quadro a organização deve saber esclarecer os requisitos e transparecer o resultado de maneira que evidencie a questão a todas as partes interessadas.

  4. Quando as oportunidades não são disponibilizadas para todos, quando antes da promoção, já se sabe quem será indicado. Uma forma de minimizar isto é ter critérios muito claros para a seleção, processos contínuos, onde os não contemplados sabem que novas oportunidades virão.

  5. Para evitar intrigas e desmotivação através da seleção interna, é necessário avaliar a todos de forma justa e honesta, divulgar os requisitos com muita clareza e fzer uma boa seleção.

  6. Acredito que quando esse recrutamento acontece de forma injusta e deixando de lado a equidade, muitos são promovidos por outros diversos motivos tirando o mérito da vaga. Uma boa alternativa seria um programa interno onde todos os candidatos concorrentes da vaga pudessem lutar por ela e terem consciencia disso e não saberem que foram promovidos do dia para a noite.

  7. No recrutamento interno a maior vantagem é a agilidade em que é realizada e o baixo custo de execução do recrutamento, no entanto nem sempre é a melhor opção para selecionar alguem.

  8. Passa a ser gerador de conflitos quando é divulgado e explicado de maneira incorreta, deixando a vaga muito abrangente ou tendenciosa. Quando isso ocorre é necessário rever os métodos de recrutamento para que não destrua algo que está relativamente bom.

    • Para evitar todo esse desgaste entre os funcionários, é necessário um programa de recrutamento interno em que estejam claros seus objetivos, e tentar minimizar esses conflitos.

  9. Os conflitos são gerados quando há duvidas quanto ao processo, se o processo é claro e as regras também, acredito que não haverá problemas com o processo. O processo deve ser justo e analisar as pessoas que tem potencial para tal vaga, essa escolha deve ser em toda a organização a partir das pessoas que possuam os pré requisitos. COm isso os conflitos diminuirão pois todos terão a mesma oportunidade!

  10. É interessante o recrutamento interno, pois você o funcionário que engressa em uma organização sabendo que tem possibilidades de ser efetivado com certeza se dedicará mais, querendo crescer profissionalmente. Só que isso se a administração souber lidar e souber avaliar qual o funcionário melhor preparado para uma possível efetivação. Caso contrário eles se desmotivarão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s